[ 6ª EAFExp CBPF ]

Clique na imagem para fechar.
Sobre

Com a intenção de promover e motivar a atuação em áreas experimentais, o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) realizará um evento voltado exclusivamente para a física experimental, cujo público alvo são estudantes de graduação (principalemente) e pós em física e áreas correlatas (química, engenharias, matemática, entre outras), de todo o Brasil e América do Sul. A próxima edição (sexta) será em janeiro de 2023. A ideia é fazer uma imersão, durante duas semanas, no dia-a-dia das atividades experimentais sobre tópicos avançados e atuais da física nos laboratórios do CBPF. Nas edições anteriores desta escola recebemos alunos de várias instituições brasileiras e sul-americanas, como pode ser visto no gráfico abaixo, onde a área é proporcional ao número de alunos participantes.

 

 

Distribuição dos alunos por instituição de origem até a 5a Edição 

A 6a EAFExp

A 6ª edição da EAFExp consistirá em 15 módulos. Cada módulo oferecerá, aos alunos que o seguem, um projeto científico experimental, de grande atualidade, abrangendo diferentes áreas de pesquisa. O objetivo ao realizarem o projeto, é que os alunos se depararem, ao longo de duas semanas, com diferentes desafios inerentes ao cotidiano de um laboratório de pesquisa, como por exemplo: contextualização do problema a ser estudado, preparação de amostras, caracterização por técnicas sofisticadas, medida de grandezas físicas relacionadas ao assunto em questão, interpretação dos resultados obtidos, além da sistematização destes, tanto em um relatório no formato de artigo científico, quanto em um seminário, onde o grupo defenderá suas conclusões.

Datas Importantes

15/08/2022 - Início das inscrições

30/09/2022 – Final de inscrições

Até 15/10/2022 – Divulgação dos selecionados

30/10/2022 – Prazo para confirmação de participação

30/01/2023 a 10/02/2023 – 6ª EAFExp

Público Alvo
  • Alunos de graduação em física (licenciatura ou bacharelado), química, engenharias, biofísica, matemática, ciência da computação, ciências biológica, nanotecnologia, etc.
  • Alunos de pós-graduação em física e áreas correlatas (química, engenharias, biofísica, matemática, ciência da computação, ciências biológica, nanotecnologia etc.).

                                

Distribuição dos cursos de graduação dos alunos que participaram das edições anteriores

Ajuda de Custo

O comitê organizador está solicitando junto às agências de fomento, empresas parceiras e com recursos orçamentários (via licitação) recursos para financiamento parcial de um número limitado de estudantes de fora do chamado ‘Grande Rio’, priorizando alunos de graduação.

Embora não podemos garantir por ora, PRETENDEMOS, à depender do êxito na captação de recursos, oferecer:

 - Estadia de 29/01 até 11/02 de 2023 em hotel (quarto duplo ou triplo) nas proximidades do CBPF;

- Ao menos uma ajuda de custo para o traslado do aluno de fora do Rio de Janeiro para custear despesas de viagem ao Rio de Janeiro;

- Ajuda para alimentação e deslocamentos hotel-CBPF pelo período da escola.

Esperamos poder divulgar uma posição final referente à ajuda de custo concomitantemente à lista dos selecionados.

Avaliação + Créditos

No encerramento das atividades haverá uma sessão de seminários, onde cada grupo apresentará aos demais participantes um apanhado geral dos seus resultados e conclusões. Além disso, cada grupo entregará um relatório, em forma de uma publicação, a respeito dos resultados obtidos. Estas duas atividades (relatório e seminário) serão usadas como avaliação final.

A Escola terá carga horária equivalente a 64 horas/aula (4 créditos), equivalendo a uma das disciplinas de métodos experimentais do grupo de Fundamentos de Área do Programa de Pós-Graduação do CBPF (Normas).

Os participantes que ingressarem no Programa de Pós-Graduação do CBPF, terão validação automática na disciplina EAFExp.

Certificados serão emitidos para​ os alunos que participarem da 6a EAFExp, que poderão pedir equivalência em seus respectivos cursos de graduação/pós-graduação. 

Sessão de Pôsteres

Haverá uma sessão para apresentação de pôsteres durante o evento e os alunos selecionados estão convidados a participar, apresentando seus trabalhos de iniciação científica, mestrado ou doutorado. Serão emitidos certificados aos alunos que apresentarem trabalho.

Programa

Desde a primeira edição da EAFExp, percebemos que, além dos temas experimentais, outros, igualmente importantes, não são abordados durante a formação dos alunos de ciências.   

Portanto, além da imersão nas ciências experimentais que a EAFExp proporciona, temos a preocupação de trazer à luz discussões sobre temas que não são, por hábito, debatidos nas graduações (nem mesmo nas pós-graduações). 

Com isso em mente, passamos a organizar seminários, abordando assuntos como: ética científica, como preparar e apresentar seminários, importância da ciência na sociedade (em particular a física experimental), divulgação científica, o papel do cientista na indústria, dados abertos (open data), empreendedorismo e a questão da diversidade. 

Na 6ª EAFExp, além dos colóquios institucionais do diretor, do coordenador da pós graduação e dos representantes da APG do CBPF, teremos palestras e colóquios ministrados por expoentes em suas áreas, que fomentarão discussões e debates sobre esses assuntos. Entre esses, já temos confirmado as seguintes palestras:

 

 

 

 

O programa detalhado será divulgado oportunamente. 

Diversidade na EAFExp

Dentre os assuntos debatidos na EAFExp, dois nos são muito caros, são esses: mulheres nas ciências duras e diversidade. 

Neste sentido, nossas ações vêm sendo:

- Procurar dar prioridade na seleção de alunos, buscando uma paridade de gênero. Próximo a 40% dos alunos selecionados para as edições anteriores da EAFExp são mulheres. Como pode ser verificado nos gráfico abaixo; 

- Procurar fazer com que metade dos palestrantes dos colóquios (que ocorrem ao longo da escola), sejam dados por cientistas mulheres;

- Promover palestras seguidas de debate com uma mulher expoente da física que seja também ativista da questão de gênero nas ciências.

Algumas pesquisadoras que tivemos o prazer e a honra de contar com a presença nas edições anteriores da EAFExp foram: Elisa Saitovitch (CBPF), Márcia Barbosa (UFRGS), Elis Sinnecker (UFRJ),Cristina Caldas (Serrapilheira).

Na 6a EAFExp teremos a honra de dividir experiências com a Professora do Instituto de Física da Universidade Federal da Bahia, Professora Katemari Rosa.

De acordo com o resumé de seu Curriculum Lattes: 

Katemari é graduada em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestra em Ensino, Filosofia e História das Ciências pela Universidade Federal da Bahia, mestra em Science Education pelo Teachers College e doutora em Science Education pela Columbia University. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal da Bahia, onde coordena de área do PIBID Física. Tem experiência em pesquisa em ensino de física e formação de professoras e professores de física. Katemari parte de referenciais teóricos feministas, pós críticos e decoloniais. Seus interesses envolvem a pesquisa e a prática em ensino de física, formação de educadoras e educadores, física nas séries iniciais e discussões que envolvem as interseccionalidades de gênero, sexualidades, raça, etnia e status socioeconômico na construção e no ensino das ciências. A pesquisadora faz parte da diretoria da Sociedade Brasileira de Física, onde atua como Secretária para Assuntos de Ensino (2021-2023). Katemari faz parte da American Physical Society e da American Association of Physics Teachers, na qual integra o Committee for International Physics Education. Além disso, a pesquisadora é membro da National Organization of Gay and Lesbian Scientists and Technical Professionals (NOGLSTP) e da Associação Brasileira de Pesquisadoras/es Negras/os (ABPN).

Percentual da presença feminina na edições passadas da EAFExp

Localização

O evento será realizado nas dependências do Centro Brasileiro de Pesquisas Fïsicas (CBPF), localizado à Rua Dr. Xavier Sigaud, 150 - Urca, Rio de Janeiro/RJ.

Cabe salientar que o CBPF está localizado em uma região privilegiada da cidade, no bairro da Urca, um dos mais bonitos e visitados da cidade. Lar de artistas famosos e celebridades, que já abrigou o mundialmente conhecido Cassino da Urca, que mais tarde deu lugar a icônica TV Tupi e hoje abriga uma importante escola de design. Tudo isso sem contar com o Pão de Açúcar, umas das mais importantes atrações turísticas brasileiras. Além de uma das mais belas praias cariocas, a Praia Vermelha. Qualquer uma dessas atrações está a não mais de 15 minutos de caminhada desde o CBPF.  

 

 

 

REALIZAÇÃO

APOIO


CBPF - Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas
Desenvolvimento: COTEC - Coordenação de Desenvolvimento Técnológico

Acessos: 4969